É possível vender na internet sem ter uma loja virtual?



Com essa crise de pandemia mundial, todos estão buscando alternativas para vender, e vender online virou uma saída, mas a primeira coisa que vem à cabeça na hora de vender online é criar uma loja virtual. No entanto, é possível vender na internet sem ter uma loja virtual sim!


Ao longo desse post, vamos te mostrar que existem inúmeras formas de comercializar um produto na internet sem precisar investir em uma loja virtual.


Vamos citar alguns Canais para começar a Vender Online:


1) MarketPlaces

A primeira dica para quem vai começar a vender online é apostar em marketplaces . Eles são como verdadeiros vitrines virtuais e você pode colocar seus produtos para vender lá dentro, aproveitando o alto tráfego de clientes que possuem.

Isso ajudará para você a começar a vender online, e economizar dinheiro ao mesmo tempo. Isso porque, em outros canais de venda, você precisaria investir em propagandas para atrair possíveis clientes.

Nos marketplaces, eles é que são responsáveis por investir, e eles que fazem todo o investimento em propaganda. E você aproveita toda a estrutura de graça.

A única cobrança é a comissão. Essa comissão é variada para cada tipo de categoria de produto, mas, em média, fica entre 10% e 20%

Alguns ótimos marketplaces que pode usar para vender online são: Mercado Livre, Americanas.com, Magazine Luiza, Amazon…


2) Instagram Shopping

O Instagram é a grande aposta dos empreendedores hoje em dia. Com a multiplicação de contas comerciais e a propagação de diversos conteúdos de vendas, o instagram otimizou os seus serviços para facilitar a vida de quem deseja vender pela plataforma e criou o Instagram Shopping.

O Instagram Shopping da a possibilidade de marcar seus produtos dentro de postagens no feed e stories, funcionando de forma similar a marcação de um amigo na foto, é muito simples.

Assim, os posts de venda ganham um espaço especial, o que aumenta bastante as chances de vendas.

Para utilizar esse recurso, basta criar uma conta comercial no Instagram e postar com seu melhor conteúdo que impacte seu público alvo.

Aqui estão algumas dicas para vender no Instagram:

· Faça legendas de qualidade;

· Não poste apenas fotos de produtos, invista em conteúdo relevante;

· Utilize os recursos do Instagram a seu favor (stories, hashtags, lives)

· Construa uma audiência fiel e engajada.


3) Canal Youtube

Sim, um canal no Youtube ajuda muita em suas vendas, o Youtube é um espaço onde você pode criar conteúdos de valor para construir uma audiência engajada com seu publico alvo. Com isso, consegue incentivar que seu publico consuma seus produtos direto na plataforma, sempre deixando links diretos de onde eles estão sendo vendidos!

Outro ponto bacana sobre criar um canal no Youtube é que os próprios vídeos podem ser monetizados, ou seja, você ainda pode ganhar dinheiro com propagandas, para isso, o seu canal precisa utilizar o sistema de anúncios que a própria plataforma oferece.

Se for viável, use as duas maneiras para aumentar as chances de ganhar dinheiro com a plataforma.


4) Facebook Marketplace

O Facebook Marketplace segue a mesma linha do Instagram Shopping facilitando a comercialização dentro da plataforma. Hoje, qualquer pessoa consegue criar uma página e cadastrar seus produtos sem muita dificuldades.

Mas é preciso ficar atendo a uma coisa muito importante. O Facebook Marketplace não tem um sistema de pagamento próprio, sendo assim necessário incluir um link de pagamento na hora de cadastrar os produtos. Assim, quando um possível cliente clicar no produto, será redirecionado para a página de pagamento.

A página pode ser um link gerado no seu meio de pagamento. Dois ótimos meios de pagamento para usar nessas horas são: PagSeguro e Mercado Pago.

Assim, você consegue vender na sua página do Facebook sem precisar criar sua loja virtual.


5) Whatsapp

O Whatsapp é uma ótima ferramenta na hora de fazer vendas online e é uma das mais simples de começar. Por quê? Porque você pode divulgar seus produtos em uma lista de contatos que já tem e, assim, aos poucos, vai conseguir vender para essas pessoas.

Porém seu número de clientes nunca deve ficar restrito à lista de contatos que tem hoje. Eles são apenas o começo para você coletar feedbacks e começar a entender a melhor forma de como divulgar seu produto e a seus clientes.

Uma boa tática é aliar o Whatsapp à outro canal de venda, como o Marketplace citado acima, e utilizar como forma de relação mais próxima com seus clientes e converter mais vendas.

Você pode conseguir o contato dessas pessoas, por exemplo, enviando algum tipo de propaganda para os clientes que comprarem nos marketplaces, pedindo para entrar em sua lista de transmissão, e diga para as pessoas entrarem em contato para receber um desconto ou simplesmente para contar como foi a experiência.


Validação do seu Negócio

Depois de decidir em qual, ou quais plataformas você vai começar suas vendas, você deve estar atento em validar os seus produtos.

Esta etapa de validação é quando você coloca o seu produto para vender e conhecendo melhor seu publico alvo, ajustando os pontos até que você consiga fazer vendas de forma regular.

Um produto pode ser considerado validado na internet quando tem, no mínimo, 10 vendas feitas em dias seguidos.

Depois que você validar o seu produto e estiver com um volume maior e constante de vendas, é hora de ir mais além e criar a sua loja virtual e profissionalizar o seu negócio online.

Mas é claro que, para essa nova etapa, você precisa de estratégias e ferramentas eficazes para vender online.

Se você acredita que o seu negócio já esta nesse ponto e quer ir mais longe na Internet e quer ter sua própria loja virtual, conheça nossa parceria de nosso sistema de gestão de lojas neoPDV com a TRAY.








1 visualização

© 2019 by neoPDV