O Pix para o varejo



As novas tecnologias estimulam o sistema financeiro a repensar suas operações, principalmente devido ao aumento da demanda dos clientes por soluções de pagamentos mais simples, rápidas, seguras e econômicas.

Com o Pix, o brasileiro pode fazer e receber pagamentos instantâneos, transferências eletrônicas de dinheiro concluídas em poucos segundos, a qualquer hora do dia e para qualquer instituição financeira.


O Pix tem forte impacto na economia nacional e é uma importante iniciativa para trazer uma forma eficiente de realizar operações financeiras. Também facilita a inclusão da tecnologia no dia a dia, desenvolvendo um ambiente mais ágil e competitivo.


Para o comércio, isso significa que o e-commerce continuará gradativamente dando espaço ao m-commerce (compras por dispositivos móveis) no futuro e a indústria de pagamento precisa estar preparada. Os usuários esperam cada vez mais um processo de checkout mais simples com uma experiência sem atrito!

No geral, espera-se que o celular ultrapasse o computador em termos de gasto geral em 2021, representando 51% do comércio eletrônico. Os métodos de pagamento estão mudando para acomodar essa nova tendência: as pessoas agora estão pagando através dos seus dispositivos móveis, algo que ajuda nas compras por impulso.


O que vai mudar com o Pix?


O lançamento do Pix é uma excelente atualização para muitos varejistas. De alguma forma, quase todo mundo que faz ou recebe pagamentos tem vantagens com isso. Um sistema inclusivo e menos burocrático, com maior agilidade e menores taxas, desenvolvido para agilizar as operações financeiras e apoiar a economia.


Benefícios do Pix ao Consumidor Final


Não só os lojistas serão beneficiadas pelo Pix, o cliente final também será favorecido, com mais agilidade, mais recursos, ganho de tempo e diminuição de custos!


Varejo X Pix: quais são os benefícios para as lojas?


1. Redução de custos de intermediação

No varejo, a transação à vista realizada em cartão é a modalidade cartão de débito. Nessa modalidade o dinheiro sai da conta do consumidor no momento do pagamento e é destinada a conta do varejista. Como essa operação é realizada por empresas de pagamentos, as adquirências, existe um processamento de dados e o pagamento é realizado normalmente em 2 (dois) dias úteis.

Com a desintermediação da transação à vista, o varejista ao receber um pagamento via Pix de seu consumidor final receberá o dinheiro na hora! Espera-se também que as taxas cobradas pelo operador financeiro será menor que as atuais cobradas na modalidade cartão de débito.

Ou seja, o varejista reduzirá custos e receberá o dinheiro mais rápido.

2. Reduz os riscos operacionais

Ao tornar o processo eletrônico, a tendência é reduzir o risco operacional de pagamentos instantâneos e transações financeiras.

Ou seja, a tendência é de se utilizar menos papel moeda, o que reduz os riscos da loja e custos de armazenagem de dinheiro, ou numerários.

3. Disponibilidade e velocidade de pagamentos instantâneos

Os recursos disponíveis permitem concluir o procedimento em segundos. Também disponível para fazer pagamentos instantâneos 24 horas por dia, 7 dias por semana, mesmo em feriados. O método de segurança é assegurado pelo Sistema Financeiro Nacional e suas formas de autenticação.

4. Aumenta a experiência do usuário

Torna-se muito conveniente para o usuário final quando é possível fazer um pagamento instantâneo em uma base regular usando um smartphone. O início, a conciliação e a confirmação dos pagamentos estão focados nas necessidades do usuário final.

O método fácil, sua disponibilidade e rapidez também aumentam a experiência do usuário, que não ficará estressado por esperar todo o processo.


O Pix e os sistemas para lojas


A partir de agora, apenas as instituições de pagamento autorizadas pelo BCB poderão liquidar transações diretamente na plataforma Pix. Portanto, os varejistas precisarão se integrar direta ou indiretamente aos agentes locais para permitir o processamento de pagamentos por meio do Pix.

O primeiro passo é procurar um sistema de controle de lojas como o neoPDV que ofereça a integração com a tecnologia que atenda a esse novo formato de recebimentos.

O Pix atende perfeitamente e fortalece as diretrizes de um bom software de PDV como o nepPDV: velocidade, segurança, simplicidade e experiência.

Procure saber sobre o Pix e adapte sua loja para receber essa nova forma de pagamento, mantendo sua empresa atualizada com o mercado e inclusiva para todos os consumidores. Lembre-se, são 48 milhões de cidadãos desbancarizados no Brasil, que atualmente compram apenas no dinheiro, mas que em breve utilizarão seu celular para realizar pagamentos na sua loja!



1 visualização

© 2019 by neoPDV