• neoPDV

Software não fiscal ainda vale a pena?



Você sabe qual o momento certo de largar a informalidade e contratar um software fiscal para sua loja? Hoje vamos mostrar as vantagens de adotar um software fiscal em seu negócio se já chegou o momento.


A dúvida de todo empreendedor de um pequeno negócio


A falta de conhecimento nos assuntos fiscais, mais as obrigações acessórias, junto com a complexidade da legislação e o grande volume de informações leva o pequeno empreendedor a procurar o caminho da informalidade, porque ele vincula um software fiscal a maior dificuldade operacional e um maior valor a ser pago em impostos, mas isso realmente acontece?

A informalidade e o medo de colocar um software fiscal traz em conjunto, o descontrole operacional e a insegurança fiscal com o pequeno empreendedor mantendo suas vendas em um patamar que lhe permita se manter enquadrado dentro do “Simples Nacional”, modelo de tributação simplificado e com menor carga de impostos.

A maioria dos pequenos varejos é tocada com a participação intensa do proprietário e sua família. As atividades comerciais e administrativas do dia a dia tomam praticamente todo o seu tempo útil e adicionando a legislação, o medo é de não dar conta e ainda pagar mais por isso.


A obrigatoriedade da adoção de uma solução fiscal


Enquanto não há pressão do FISCO boa parte dos pequenos empreendedores se mantém na informalidade. Mas, o cenário tende a mudar, dado que o FISCO cada vez mais usa a tecnologia e a legislação a seu favor.

Para não sofrer o baque dessa mudança que vai ser inevitável, o ideal é enxergar uma administração eficiente e a segurança fiscal como parte fundamental de sua loja.

A partir do momento em que o varejista se vê obrigado a adotar uma solução fiscal, seja pela necessidade de atender à legislação ou para ter a sua necessidade de um gerenciamento adequado de seus negócios atendida, não há outro caminho senão automatizar o seu ponto de venda com uma solução fiscal.

A partir daí, além do impacto operacional nos caixas, haverá também a necessidade de ações de integração com a sua retaguarda para controle total de seu negócio.


Quando chegar a hora de adotar uma solução fiscal?


Não importa quando, mas chegará uma hora em que a sua empresa vai mudar para uma solução fiscal e qualquer que seja a situação, alguns fatores não mudam: você precisará de um bom contador, de um bom software de gestão de loja como o neoPDV e de uma boa empresa prestadora de serviços para lhe dar o suporte operacional. Os custos envolvidos serão recompensados, em muito, com os ganhos de produtividade e segurança fiscal.


Gostou desse artigo? Compartilhe com outros empreendedores e leve esse conhecimento para todos.


26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo